quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Giardíase a gente trata!

Que bicho é esse?
A giárdia é um protozoário presente no intestino da maioria dos cães – senão de todos. Por queda na imunidade ou mudança brusca na dieta, ela pode se proliferar e causar esse excesso de muco ou eliminação de gordura nas fezes. Solicite exames de fezes (chamados coproparasitológicos), de preferência com amostras de 3 dias consecutivos junto ao médico-veterinário para averiguar se há verminose ou institua a vermifugação para giardíase ou de amplo espectro. fonte: post Presença de Muco nas Fezes, do Cachorro Verde
E que raio de bicho é um protozoário?
Os protozoários são seres vivos unicelulares, eucariontes e desprovidos de clorofila. Podem viver como parasitas ou ter vida livre, habitando os mais variados tipos de ambiente. Como parasitas do homem e de outros seres vivos, podem causar muitas doenças e (…) foram classificados segundo o tipo e a presença ou não de elementos especiais de locomoção. Dessa forma, os protozoários são divididos em flagelados, rizópodes, ciliados e esporozoários. (…) O tripanossomo, a Leishmania e a giárdia são exemplos de flagelados parasitas (possuem flagelos, longos filamentos que usam para locomoção). (…) Provocada pela giárdia (Giardia lamblia), flagelado que parasita o intestino humano, a doença geralmente causa fortes diarréias, podendo levar o doente à desidratação. É transmitida através de água e alimentos contaminados pelo protozoário. (…) Para evitar essa doença é necessário ferver a água que se vai beber e lavar muito bem as verduras e frutas, além de cuidados higiênicos, como a lavagem de mãos, principalmente antes das refeições. fonte: Portal Brasil
Bem… Faltou falar sobre a giardíase canina mais especificamente, certo? No texto Giardíase lá do Dog Times tem tudo bem explicadinho.
Pois bem, baseada em experiências pessoais digo NÃO vacinem seus cães contra giárdia! Eles não só têm capacidade para lidar com a doença quando devidamente tratados como não há garantia alguma de que estarão protegidos contra ela ao serem vacinados.
1) Sushi e Shoyo foram devidamente vacinados contra giárdia e tiveram a doença mesmo assim.
2) Uma amiga tem 7 cães devidamente vacinados contra giárdia todo santo ano e vivia lutando com a doença, a ponto de instalar filtro nas mangueiras externas, ou seja, seus animais só bebem água filtrada. O caso ficou tão feio que o laboratório fabricante da vacina mandou veterinária na casa dela pra colher amostras da água, das fezes dos cães, de tudo! O próprio veterinário dela falou pra ela parar de usar a vacina (e pensem no quanto ele deixou de ganhar $ com isso e mesmo assim a incentivou). Eles pararam de ter crises quando ela parou de entupi-los de vermífugos toda hora!
3) vacina contra giárdia não só não é comprovadamente eficaz como é uma das vacinas NÃO recomendadas pela American Animal Hospital Association (ver post Um pouco mais sobre vacinas para cães e gatos e a polêmica das recentes mortes no Brasil) e outras instituições médico-veterinárias de renome internacional. Para provar o que digo, vejam a imagem abaixo.

Clique para ampliar. fonte: AAHA Canine Vaccine Guidelines Revised
Para concluir, minha dica na luta contra a giardíase canina é o uso do medicamento homeopático Diproto Zoo, do laboratório Arenales. O descobri por recomendação em consulta com a Carmen Cocca, veterinária homeopata e pessoa do bem e depois dele a giárdia virou só uma doencinha de nada que um dia eu tratei com sucesso ;-D

Lembrando: NÃO usem nenhum medicamento sem orientação médico-veterinária! Tudo que cito aqui no blog serve de referência para que os leitores conversem com veterinários de confiança. NÃO façam “consultas” com balconistas, vendedores ou qualquer outra pessoa que não esteja inscrita no CRMV de seu Estado como um médico veterinário formado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário